/ Notícias / Campus Campo Largo realizou a segunda edição do evento “Voz Mulheres”

Campus Campo Largo realizou a segunda edição do evento “Voz Mulheres”

Publicado em

No período de 08 a 10 de março, o campus Campo Largo realizou, de forma virtual, a segunda Edição do evento Voz Mulheres. Organizado pelo Núcleo de Arte e Cultura (NAC) e pelo Núcleo de Estudos Afro-brasileiros e Indígenas (NEABI), tem como objetivo dialogar com cientistas, líderes comunitárias, mães, estudantes e demais mulheres que compartilhem conhecimentos e experiências de vida.

Durante os três dias do evento, o NAC realizou uma exposição virtual no Instagram @nac_cl sobre mulheres na Arte e na História, bem como, lançou mais um vídeo do Grupo de Música de Campo Largo. Servidores e estudantes do NAC criaram um clipe, que pode ser visto no canal do grupo no YouTube, a partir do poema “Reflexões de uma mulher”, composto pela estudante Bruna Nalepa.

O evento teve início no Dia Internacional da Mulher (08/03) com a palestra “Mulheres, saúde mental e violência doméstica”, ministrada pela psicóloga Katiuscia Juliane Zini. No dia 09 foram três apresentações: a Professora Dra. Camila Silveira da Silva descreveu o projeto “Mulheres e meninas nas Ciências”, desenvolvido na UFPR com o intuito de resgatar histórias de grandes cientistas e estimular a participação feminina especialmente nas Ciências Exatas e Engenharias. Na palestra “Arte, ancestralidade e reparação”, a artista plástica Claudia Lara descreveu as características de sua obra, sua participação em exposições nacionais e internacionais e o espaço da mulher negra na arte contemporânea. Encerrando as atividades do segundo dia do evento, Juliana Mittelbach contou a história da Rede de Mulheres Negras do Paraná. Ela é Coordenadora Adjunta do coletivo e mostrou a importância, as lutas e as conquistas do movimento no Paraná. No último dia o evento contou com duas apresentações sobre mulheres indígenas e educação, com as professoras: Dra. Rosangela Celia Faustino (UEM) discorreu sobre a “Educação Escolar e o acesso da mulher indígena à Universidade”; e Ma. Delmira de Almeida Peres (UNICENTRO), pertence à etnia Ava-Guarani, que tratou da inserção da “Mulher indígena na pesquisa e pós-graduação” a partir de sua trajetória na universidade. Ambas descreveram as culturas indígenas e os desafios que precisam ser vencidos para que os povos originários tenham acesso à escolarização.

O evento contou com 154 inscritos e foi transmitido pelo canal do NEABI Campo Largo no YouTube. As gravações estão disponíveis para visualização. Mais informações sobre o evento podem ser encontradas no Instagram @neabi_campolargo.

Leia mais

IFPR Campo Largo – Rua Engenheiro Tourinho, 829 – Vila Solene | Campo Largo – PR – Brasil | CEP: 83607-140

Considerando a suspensão das atividades administrativas presenciais, o contato deverá ser efetuado via e-mail: serac.campolargo@ifpr.edu.br
Topo